HomeImprensaSuzano/Penalty joga hoje pela Liga Nacional de Futsal

Suzano/Penalty joga hoje pela Liga Nacional de Futsal

A equipe de futsal, Suzano/Penalty tem mais um desafio pela Liga Nacional. A partida ocorre hoje, em casa, no Ginásio Roberto David, no bairro do Sesc, às 19h30. O adversário a ser batido é o Floripa Futsal, de Santa Catarina.

O time vem de dois empates fora de casa, contra o Concórdia/Umbro de Santa Catarina, por 3 a 3 e com o Atlântico Apti URIERECHIM de Rio Grande do Sul, quatro gols para cada lado. “Contra o Concórdia nós estávamos com a vitória nas mãos, mas deixamos a equipe deles chegarem ao empate. Já com o Atlântico a situação foi diferente, pois fomos atrás do placar, conseguindo deixar tudo igual. Soubemos recuperar bem” , comentou o técnico da equipe Fernando Cabral. O treinador alegou que o time esta cansado, em decorrência as viagens longas realizadas nas duas partidas: “voltamos de viagem ontem (na última terça-feira), sem contar que a partida contra Concórdia também foi fora de casa. A Liga Nacional é muito cansativa, mas faremos de tudo para estarmos dispostos amanhã (hoje)”, afirmou Cabral.

Além do cansaço, o time está com três desfalques: o pivô Felipinho continua fora se recuperando de uma lesão na clavícula, o ala Luisinho que recebeu seu terceiro cartão amarelo e o pivô Leandro Borges, expulso na última partida. A equipe do Suzano/Penalty se encontra em 17° lugar, com 10 pontos, apenas quatro a frente do último colocado. Por outro lado, o Floripa está na terceira colocação com 17 pontos – mesma pontuação do primeiro colocado, o S.C Corinthians Paulista.

RECUPERAÇAO Após pouco mais de 10 dias, desde que fraturou a clavícula na partida contra o São Caetano/Drummond, o pivô Felipinho, ainda segue em fase de recuperação. Porém, a situação de momento do atleta não é preocupante. De acordo com o fisioterapeuta da equipe, Chernobyl, Felipinho passou por exames e vem sendo medicado para que haja uma melhor consolidação desta fratura: “Ele foi medicado, e está sob repouso durante toda semana. Na próxima sexta-feira (amanhã), faremos um novo exame e dar inicio aos tratamentos de fisioterapia. Após este procedimento, creio que mais uns 20 dias ele estará apto para os treinos”, avaliou.

Mais Artigos